O caminho mais rápido e barato para crescer exponencialmente um e-commerce

growth hacking para ecommerce

Eu sei que parece chamada daqueles livros “mente milionária”, “enriqueça” ou coisa parecida, mas trata-se de uma verdade: um caminho básico para gerar crescimentos fortes em um e-commerce.

Trata-se do funil de conversão. Se não tiver criado e configurado suas metas, faça!

Funil de Vendas Google Analytics

Defina o processo de fechamento de compras de seu e-commerce. Os passos finais para você fechar suas vendas:

  • Carrinho
  • Login/Cadastro
  • Endereço
  • Cobrança/Pagamento
  • Confirmação
  • Compra confirmada

Você precisa ter esses passos trackeados mesmo que uso o OneStepCheckout. Assim, você conseguirá identificar onde mais você tem perdido clientes.

Em vários projetos que cuidei, a página de pagamento, por exemplo, perdia 70% dos usuários. Isso mesmo SETENTA PORCENTO de perda. Depois de análise de bugs, ajustes de tecnologia, respostas ao usuário e testes A/B, esse percentual caiu para 30% – ou seja, a conversão desse passo mais que dobrou. Sabe o que isso significou? O dobro do faturamento pro negócio. 100% de crescimento apenas olhando o funil.

Então, o caminho mais rápido e barato para alcançar resultados é olhar seu funil de trás para frente. Verificando se todos esses passos estão otimizados. Na lista que citei acima:

  • Analisar a página de confirmação do pedido
  • Índice de saída e rejeições de pagamentos na página de cobrança/pagamento
  • Índice de saída, retorno e desistência do passo de endereço
  • Índice de saída e troca de páginas no login/cadastro

O caminho inverso segue com toda estratégia de Growth Hacking de seu e-commerce. Quando esse funil final já estiver otimizado, ainda há a página de produto, categorias, buscas e home. Só então, analisar recursos de growth para o tráfego e mercado. Por quê? Porque dessa forma, você estará usando os recursos já alocados, as visitas já padronizadas e fazendo elas gerarem mais faturamento para o negócio. Vai parecer mágica, mas é apenas estratégia de números.

Deixe uma resposta